DataGramaZero

v. 9, n.4, 2008

BDOI: 2008-0000296-00004
DOI: empty

Semelhanças e diferenças entre tesauros e ontologias

Similarities and Differences between Thesauri and Ontologies

SALES, Rodrigo de.; CAFE, Lígia Maria Arruda.

Resumo
Tesauros e ontologias são modelos de representação do conhecimento que, servindo como instrumentos de controle terminológico, auxiliam o processo de indexação e recuperação de informações por assunto. Este artigo consiste na comunicação de uma pesquisa desenvolvida no curso de Mestrado em Ciência da Informação da Universidade Federal de Santa Catarina, que teve como objetivo estudar as semelhanças e diferenças entre tesauros e ontologias. Foi empregado, no plano metodológico, o Método de Análise de Conteúdo de Laurence Bardin. No plano teórico, a pesquisa foi subsidiada pela Teoria Comunicativa da Terminologia (TCT) de Maria Teresa Cabré. A análise dos resultados e interpretações proporcionaram significativas contribuições, visto que inúmeras características semelhantes e diferentes entre tesauros e ontologias foram identificadas e comentadas. A constatação de que ambos os modelos apresentam semelhanças e diferenças no tocante aos termos, conceitos e objetivos permite um entendimento mais profundo desses instrumentos, tão imprescindíveis à comunicação técnica e científica.
Palavras-chave: tesauro; ontologia; linguagem documentária; teoria comunicativa da terminologia; método de análise de conteúdo; representação do conhecimento

Abstract
Thesauri and ontologies are knowledge models representation. They can be employed as tools for terminology control and assistance in the process of indexing and retrieving information by subject. This paper consists in a description of a research developed in the course of Masters in Information Science of the Federal University of Santa Catarina. Such research studied the similarities and differences between thesauri and ontologies. Laurence Bardin´s Content Analysis Method was followed as methodological base. Theoretical framework comes from Maria Teresa Cabré´s Communicative Theory of Terminology (CTT). Analysis and interpretation of results provided meanful contributions, since it was possible to bring forth a large range of similar and different characteristics between thesauri and ontologies. Such similarities and differences were identified and commented. It was verified that both models shows differences and similarities concerning to terms, concepts and objectives, enabling a deeper understanding of indispensable tools for scientific and technical communication.
Keywords: thesaurus; Ontology; Documentary Language; communicative theory of terminology; content analysis method; knowledge representation

Referências

  • AMERICAN NATIONAL STANDARDS INSTITUTE. Guidelines for the Construction, format and management of monolingual thesauri. Bethesda, USA: American National Standards Institute, 2003. (ANSI Z39.19-2003). Disponível em . Acessado em: 30.ago.2005.
  • BARDIN, Laurence. L’ analyse du contenu. 7. ed. Paris: PUF, 2003. 296 p. (Le Psychologue, 69).
  • BIBLIOTECA DIGITAL DE TESES E DISSERTAÇÕES. Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia. Disponível em . Acessado em: 25.abr.2007.
  • CABRÉ, M. Teresa. La terminología: representación y comunicación. Barcelona: Institut Universitari de Lingüística Aplicada, 1999. 369 p.
  • CABRÉ, M. Teresa. La terminologia: teoría, metodología, aplicaciones. Traducción castellana de Carles Tebé. Barcelona: Editorial Antártida/ Empúries, 1993. 526 p.
  • DING, Ying: FOO, Schubert. Ontology research and development. Part 1: a review of ontology generation. Journal of Information Science, v. 28, n. 123, 2002. Disponível em . Acessado em: 10.jun.2008.
  • GUARINO, N. Formal ontology and information systems. In: N. Guarino, editor, Proceedings… 1st International Conference on Formal Ontologies in Information Systems, FOIS´98, Trento, Italy, pages 3-15. IOS Press, June 1998. Disponível em . Acessado em: 10.jun.2008.
  • GUARINO, N.; GIARETTA, P. Ontologies and knowledge bases: towards a terminological clarification. In: N. Mars (ed.). Towards very large knowledge bases: knowledge building and knowledge sharing. Amsterdam: IOS Press, 1995. p. 25-32. Disponíel em . Acessado em: 10.jun.2008.
  • GRUBER, Thomas R. A translation approach to portable ontology specifications. Appeared in Knowledge Acquisition, v. 5, n. 2, p.199-220, 1993a. Disponível em. Acessado em: 07.fev.2007.
  • GRUBER, Thomas R. Toward principles for the design of ontologies used for knowledge sharing. 1993b. Disponível em . Acessado em: 13.jan.2007.
  • INTERNATIONAL STANDARD ORGANIZATION ISO, Genova. ISO 1087-1:2000; Terminology work: vocabulary. Part 1: theory and application. Genova, 2000.
  • LISA: Library and Information Science Abstracts. Disponível em . Acessado em: 25.abr.2007.
  • MOREIRA, Alexandra. Tesauros e Ontologias: estudo de definições presentes na literatura das áreas das Ciências da Computação e da Informação, utilizando-se o método analítico-sintético. Belo Horizonte, 2003. 150 f. il. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Escola de Ciência da Informação, Universidade Federal de Minas Gerais, 2003. Disponível em . Acessado em: 16.abr.2006.
  • NOY, Natalya F.; McGUINNESS, Deborah L. Desarrollo de ontologías – 101: guía para crear tu primera ontología. Tradução de Erick Antezana, 2005. 29 p. Disponível em . Acessado em: 06.nov.2007.
  • SARACEVIC, Tefko. Ciência da informação: origem, evolução e relações. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 1, n. 1, p. 41-62, jan./jun. 1996
  • SOWA, J. F. Building, sharing and merging ontologies. Tutorial, 1999. Disponível em: . Acessado em: 10.jun.2008.
  • WILSON LIBRARY LITERATURE AND INFORMATION SCIENCE FULL TEXT. Disponível em . Acessado em: 26.abr.2007.
.3.
field ## content
022 ## |a 1517-3801 |l 1517-3801
100 1_ |a SALES, Rodrigo de.
245 10 |a Semelhanças e diferenças entre tesauros e ontologias |6 idioma pt_BR
246 10 Similarities and Differences between Thesauri and Ontologies |6 idioma en
300 10 |a v. 9, n. 4, 2008
520 3# |a Tesauros e ontologias são modelos de representação do conhecimento que, servindo como instrumentos de controle terminológico, auxiliam o processo de indexação e recuperação de informações por assunto. Este artigo consiste na comunicação de uma pesquisa desenvolvida no curso de Mestrado em Ciência da Informação da Universidade Federal de Santa Catarina, que teve como objetivo estudar as semelhanças e diferenças entre tesauros e ontologias. Foi empregado, no plano metodológico, o Método de Análise de Conteúdo de Laurence Bardin. No plano teórico, a pesquisa foi subsidiada pela Teoria Comunicativa da Terminologia (TCT) de Maria Teresa Cabré. A análise dos resultados e interpretações proporcionaram significativas contribuições, visto que inúmeras características semelhantes e diferentes entre tesauros e ontologias foram identificadas e comentadas. A constatação de que ambos os modelos apresentam semelhanças e diferenças no tocante aos termos, conceitos e objetivos permite um entendimento mais profundo desses instrumentos, tão imprescindíveis à comunicação técnica e científica. |6 idioma pt_BR
520 3# |a Thesauri and ontologies are knowledge models representation. They can be employed as tools for terminology control and assistance in the process of indexing and retrieving information by subject. This paper consists in a description of a research developed in the course of Masters in Information Science of the Federal University of Santa Catarina. Such research studied the similarities and differences between thesauri and ontologies. Laurence Bardin´s Content Analysis Method was followed as methodological base. Theoretical framework comes from Maria Teresa Cabré´s Communicative Theory of Terminology (CTT). Analysis and interpretation of results provided meanful contributions, since it was possible to bring forth a large range of similar and different characteristics between thesauri and ontologies. Such similarities and differences were identified and commented. It was verified that both models shows differences and similarities concerning to terms, concepts and objectives, enabling a deeper understanding of indispensable tools for scientific and technical communication. |6 idioma en
650 1_ |a Ontology |9 en |6 [ link ]
650 1_ |a Documentary Language |9 en |6 [ link ]
650 1_ |a communicative theory of terminology |9 en |6 [ link ]
650 1_ |a content analysis method |9 en |6 [ link ]
650 1_ |a knowledge representation |9 en |6 [ link ]
650 1_ |a tesauro |9 pt_BR |6 [ link ]
650 1_ |a ontologia |9 pt_BR |6 [ link ]
650 1_ |a linguagem documentária |9 pt_BR |6 [ link ]
650 1_ |a teoria comunicativa da terminologia |9 pt_BR |6 [ link ]
650 1_ |a método de análise de conteúdo |9 pt_BR |6 [ link ]
650 1_ |a representação do conhecimento |9 pt_BR |6 [ link ]
700 1_ |a CAFE, Lígia Maria Arruda.
773 0# |a Rio de Janeiro |t DataGramaZero |x 1517-3801
856 4# |u https://brapci.inf.br/index.php/main/download/6563/a1e1b62dde33602aa5e610dfd4adaf00
856 4# |u http://www.dgz.org.br/ago08/Art_02.htm
RDF