Rotulagem alimentar e organização do conhecimento: alegações nutricionais e de saúde em relação ao açúcar | Food labels and knowledge organization: nutrition and health claims in relation to sugar
[Liinc em Revista; v. 14, n. 2 (2018): Organização do Conhecimento: agendas sociopolíticas e seus conflitos históricos | Knowledge Organization: social and political agendas and their historical conflicts | Organización del Conocimiento: agendas sociopolíticas y sus conflictos históricos]
Organização do Conhecimento: Agenda Sociopolítica e Sel Conflito Histórico | Knowledge Organization: Social and Political Agenda and Their Historical Conflicts | Organización Del Conocimiento: Agenda Sociopolítica Y Sus Conflicto Histórico
Rotulagem alimentar e organização do conhecimento: alegações nutricionais e de saúde em relação ao açúcar | Food labels and knowledge organization: nutrition and health claims in relation to sugar

Resumo: RESUMO Os rótulos dos alimentos poderiam ser uma das principais fontes de informação e garantias de proteção da população diante das práticas de propaganda da indústria. Uma correta organização da informação e do conhecimento nos rótulos de alimentos possibilitaria à população uma maior independência em relação à nutrição e a saúde. Considerando os rótulos dos alimentos como espaços de organização do conhecimento, objetivamos analisar algumas das implicações éticas nas relações de equivalência que podem ser utilizadas nesses espaços. Mais especificamente, analisamos a listagem de açúcares e o uso de sinônimos de sacarose em barras de cereais, sendo este um dos aspectos mais controversos com relação às alegações nutricionais e de saúde. Conclui-se que os rótulos dos alimentos analisados não informam de forma adequada o conteúdo de açúcares nos alimentos enquanto utilizam recursos retóricos, subterfúgios legais e atitudes pouco éticas para apresentar os produtos de uma forma mais comercializável.Palavras-chave: Rótulos de Alimentos; Alegações Nutricionais e de Saúde; Açúcar.ABSTRACT Food labels might be one of the main sources of information and guarantees of protection of the population against the abusive practices of the industry. A commited information and knowledge organization on food labels allows the population to be better informed on nutrition and health. Considering food labels as spaces of knowledge organization, we aim to analyze some of the decisions with ethical implications in the form of equivalence relationships that can be used in these spaces. More specifically, we analyzed the listing of sugars and the use of synonyms of sucrose in cereal bars, as this is one of the most controversial aspects in relation to nutrition and health claims. We conclude that the analyzed food labels do not clearly inform the content of sugars in foods while using rhetorical features, legal subterfuges, and unethical attitudes to present the products in a more marketable way.Keywords: Food Labels; Nutrition and Health Claims; Sugar.

Palavras-chave:



Como citar
MARTÍNEZ-ÁVILA, D.; GOMES, L. Rotulagem alimentar e organização do conhecimento: alegações nutricionais e de saúde em relação ao açúcar | food labels and knowledge organization: nutrition and health claims in relation to sugar. Liinc em revista, v. 14, n. 2, 2018. DOI: 10.18617/liinc.v14i2.4313 Acesso em: 27 set. 2022.

Compartilhe
Plum X Metrics
NLP
proprietyvalue
DescriptorRotulagem alimentar e organização do conhecimento: alegações nutricionais e de saúde em relação ao açúcar | Food labels and knowledge organization: nutrition and health claims in relation to sugar
MARTÍNEZ-ÁVILA, Daniel; GOMES, Luciana
Liinc em revista, n. 2, v. 14, 2018. (Organização do Conhecimento: Agenda Sociopolítica e Sel Conflito Histórico | Knowledge Organization: Social and Political Agenda and Their Historical Conflicts | Organización Del Conocimiento: Agenda Sociopolítica Y Sus Conflicto Histórico) (pt-BR) 3
Identificadorhttp://revista.ibict.br/liinc/article/view/4313 (pt-BR) 3
IdentificadorDOI: 10.18617/liinc.v14i2.4313 (pt-BR) 3
TitleRotulagem alimentar e organização do conhecimento: alegações nutricionais e de saúde em relação ao açúcar | Food labels and knowledge organization: nutrition and health claims in relation to sugar (pt-BR) 3
AuthorMARTÍNEZ-ÁVILA, Daniel (pt-BR) 1
AuthorGOMES, Luciana (pt-BR) 1
Access Linkhttp://revista.ibict.br/liinc/article/view/4313/3956 (pt-BR) 3
IssueLiinc em revista, n. 2, v. 14, 2018. (pt-BR) 2
Nome da PulicaçãoLiinc em revista (pt-BR) 1
SessãoOrganização do Conhecimento: Agenda Sociopolítica e Sel Conflito Histórico | Knowledge Organization: Social and Political Agenda and Their Historical Conflicts | Organización Del Conocimiento: Agenda Sociopolítica Y Sus Conflicto Histórico (pt-BR) 1
Disponibilizado2018-12-17 (pt-BR) 1
hasAbstractRESUMO Os rótulos dos alimentos poderiam ser uma das principais fontes de informação e garantias de proteção da população diante das práticas de propaganda da indústria. Uma correta organização da informação e do conhecimento nos rótulos de alimentos possibilitaria à população uma maior independência em relação à nutrição e a saúde. Considerando os rótulos dos alimentos como espaços de organização do conhecimento, objetivamos analisar algumas das implicações éticas nas relações de equivalência que podem ser utilizadas nesses espaços. Mais especificamente, analisamos a listagem de açúcares e o uso de sinônimos de sacarose em barras de cereais, sendo este um dos aspectos mais controversos com relação às alegações nutricionais e de saúde. Conclui-se que os rótulos dos alimentos analisados não informam de forma adequada o conteúdo de açúcares nos alimentos enquanto utilizam recursos retóricos, subterfúgios legais e atitudes pouco éticas para apresentar os produtos de uma forma mais comercializável.Palavras-chave: Rótulos de Alimentos; Alegações Nutricionais e de Saúde; Açúcar.ABSTRACT Food labels might be one of the main sources of information and guarantees of protection of the population against the abusive practices of the industry. A commited information and knowledge organization on food labels allows the population to be better informed on nutrition and health. Considering food labels as spaces of knowledge organization, we aim to analyze some of the decisions with ethical implications in the form of equivalence relationships that can be used in these spaces. More specifically, we analyzed the listing of sugars and the use of synonyms of sucrose in cereal bars, as this is one of the most controversial aspects in relation to nutrition and health claims. We conclude that the analyzed food labels do not clearly inform the content of sugars in foods while using rhetorical features, legal subterfuges, and unethical attitudes to present the products in a more marketable way.Keywords: Food Labels; Nutrition and Health Claims; Sugar. (pt-BR) 3
hasFileStorage_repository/708/2019/01/oai_ojs_revista_ibict_br_article_4313#00051.pdf () 1
hasIdRotulagem alimentar e organização do conhecimento: alegações nutricionais e de saúde em relação ao açúcar | Food labels and knowledge organization: nutrition and health claims in relation to sugar
MARTÍNEZ-ÁVILA, Daniel; GOMES, Luciana
Liinc em revista, n. 2, v. 14, 2018. (Organização do Conhecimento: Agenda Sociopolítica e Sel Conflito Histórico | Knowledge Organization: Social and Political Agenda and Their Historical Conflicts | Organización Del Conocimiento: Agenda Sociopolítica Y Sus Conflicto Histórico) () 3
SourceLiinc em Revista; v. 14, n. 2 (2018): Organização do Conhecimento: agendas sociopolíticas e seus conflitos históricos | Knowledge Organization: social and political agendas and their historical conflicts | Organización del Conocimiento: agendas sociopolíticas y sus conflictos históricos (pt-BR) 3
Source1808-3536 () 3