Platform Society and the challenges for Public Communication: the OBCOMP case
[Liinc em Revista; Vol. 17 No. 1 (2021): Infodemic and Our Future; e5653]
Sociedade de Plataformas e os desafios para a Comunicação Pública: o caso OBCOMP

Platform Society and the challenges for Public Communication: the OBCOMP case

Resumo: Este artigo propõe a reflexão sobre os desafios para a “Rede de Comunicação Científico-Educacional” (Weber 2017), no exercício de divulgação científica e da crítica à realidade, diante do processo de plataformização das sociedades contemporâneas. Além disso, reconhece a noção de infodemia, enquanto fenômeno associado aos processos de produção estratégica de informações maléficas ao debate público e tensionais à concretização da Comunicação Pública. Através da articulação de duas noções teóricas principais, Redes de Comunicação Pública (Weber 2007; 2011; 2017) e Sociedade de Plataformas (Van Dijck; Poell; De Wall, 2018; Van Dijck, 2019), problematiza aspectos ligados aos limites e às oportunidades do contexto comunicacional contemporâneo e, especificamente, às lógicas de captura, processamento e organização de informações das plataformas online, no âmbito da Rede de Comunicação Científico-Educacional. Como proposta de observação empírica, apresenta o Observatório da Comunicação Pública (OBCOMP), projeto sediado no Programa de Pós-graduação em Comunicação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (PPGCOM/UFRGS), a partir da sua comunicação na plataforma Facebook. A partir de testagem de publicações patrocinadas, constatou-se que a aderência à lógica comercial de funcionamento das plataformas, principalmente à compra de anúncios, é fundamental para o alcance comunicacional nas Redes, reforçando a ideia que a gratuidade do serviço não é suficiente para obter a visibilidade necessária à comunicação pública

Palavras-chave: Facebook. Comunicação Pública. Sociedade de Plataforma. Rede de Comunicação.



Abstract: This article proposes a reflection on the challenges for the “Scientific-Educational Communication Network” (Weber 2017) on scientific dissemination and criticism of reality in the process of platformization of contemporary societies. Besides, it recognizes the notion of infodemia as a phenomenon associated with the processes of strategic production of information that is harmful to public debate and stressful to the concretization of Public Communication. Through the articulation of two main theoretical notions, Public Communication Networks (Weber 2007; 2011; 2017) and Platform Society (Van Dijck; Poell; De Wall, 2018; Van Dijck, 2019), this article problematizes aspects related to limits and opportunities in the contemporary communicational context and the logic of capturing, processing, and organizing information from online platforms within the scope of the Scientific-Educational Communication Network. As a proposal for empirical observation, it presents the Public Communication Observatory (OBCOMP). This project is hosted by the Postgraduate Program in Communication at the Federal University of Rio Grande do Sul (PPGCOM/UFRGS) and is based on its communication platform on Facebook. Based on tests with sponsored publications, it was found that adherence to the commercial logic of platform operation, especially when purchasing ads, is fundamental for the communicational reach in the Networks. It reinforces the idea that free service is not enough to obtain the visibility needed for public communication

Keywords: Public Communication. Platform Society. Communication Networks. OBCOMP. OBCOM.



Como citar
KEGLER, B.; LUZ, A. J. A.; POZOBON, R. O. Sociedade de plataformas e os desafios para a comunicação pública: o caso obcomp. Liinc em revista, v. 17, 2021. DOI: 10.18617/liinc.v17i1.5653 Acesso em: 03 out. 2022.

Compartilhe
Plum X Metrics
Refs
17
NLP

Referências

proprietyvalue
DescriptorSociedade de Plataformas e os desafios para a Comunicação Pública: o caso OBCOMP
KEGLER, Bruno; LUZ, Ana Javes Andrade da; POZOBON, Rejane de Oliveira
Liinc em revista, v. 17, 2021. () (pt-BR) 3
Identificadorhttp://revista.ibict.br/liinc/article/view/5653 (pt-BR) 3
IdentificadorDOI: 10.18617/liinc.v17i1.5653 (pt-BR) 3
TitleSociedade de Plataformas e os desafios para a Comunicação Pública: o caso OBCOMP (pt-BR) 3
TitlePlatform Society and the challenges for Public Communication: the OBCOMP case (en) 3
AuthorKEGLER, Bruno (pt-BR) 1
AuthorLUZ, Ana Javes Andrade da (pt-BR) 1
AuthorPOZOBON, Rejane de Oliveira (pt-BR) 1
Access Linkhttp://revista.ibict.br/liinc/article/view/5653/5273 (pt-BR) 3
IssueLiinc em revista, v. 17, 2021. (pt-BR) 2
Nome da PulicaçãoLiinc em revista (pt-BR) 1
Sessão () 3
Disponibilizado2021-06-07 (pt-BR) 1
hasAbstractEste artigo propõe a reflexão sobre os desafios para a “Rede de Comunicação Científico-Educacional” (Weber 2017), no exercício de divulgação científica e da crítica à realidade, diante do processo de plataformização das sociedades contemporâneas. Além disso, reconhece a noção de infodemia, enquanto fenômeno associado aos processos de produção estratégica de informações maléficas ao debate público e tensionais à concretização da Comunicação Pública. Através da articulação de duas noções teóricas principais, Redes de Comunicação Pública (Weber 2007; 2011; 2017) e Sociedade de Plataformas (Van Dijck; Poell; De Wall, 2018; Van Dijck, 2019), problematiza aspectos ligados aos limites e às oportunidades do contexto comunicacional contemporâneo e, especificamente, às lógicas de captura, processamento e organização de informações das plataformas online, no âmbito da Rede de Comunicação Científico-Educacional. Como proposta de observação empírica, apresenta o Observatório da Comunicação Pública (OBCOMP), projeto sediado no Programa de Pós-graduação em Comunicação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (PPGCOM/UFRGS), a partir da sua comunicação na plataforma Facebook. A partir de testagem de publicações patrocinadas, constatou-se que a aderência à lógica comercial de funcionamento das plataformas, principalmente à compra de anúncios, é fundamental para o alcance comunicacional nas Redes, reforçando a ideia que a gratuidade do serviço não é suficiente para obter a visibilidade necessária à comunicação pública (pt-BR) 3
hasAbstractThis article proposes a reflection on the challenges for the “Scientific-Educational Communication Network” (Weber 2017) on scientific dissemination and criticism of reality in the process of platformization of contemporary societies. Besides, it recognizes the notion of infodemia as a phenomenon associated with the processes of strategic production of information that is harmful to public debate and stressful to the concretization of Public Communication. Through the articulation of two main theoretical notions, Public Communication Networks (Weber 2007; 2011; 2017) and Platform Society (Van Dijck; Poell; De Wall, 2018; Van Dijck, 2019), this article problematizes aspects related to limits and opportunities in the contemporary communicational context and the logic of capturing, processing, and organizing information from online platforms within the scope of the Scientific-Educational Communication Network. As a proposal for empirical observation, it presents the Public Communication Observatory (OBCOMP). This project is hosted by the Postgraduate Program in Communication at the Federal University of Rio Grande do Sul (PPGCOM/UFRGS) and is based on its communication platform on Facebook. Based on tests with sponsored publications, it was found that adherence to the commercial logic of platform operation, especially when purchasing ads, is fundamental for the communicational reach in the Networks. It reinforces the idea that free service is not enough to obtain the visibility needed for public communication (en) 3
hasFileStorage_repository/708/2022/06/oai_ojs_revista_ibict_br_article_5653#00051.pdf () 1
hasIdSociedade de Plataformas e os desafios para a Comunicação Pública: o caso OBCOMP
KEGLER, Bruno; LUZ, Ana Javes Andrade da; POZOBON, Rejane de Oliveira
Liinc em revista, v. 17, 2021. () () 3
SourceLiinc em Revista; Vol. 17 No. 1 (2021): Infodemic and Our Future; e5653 (pt-BR) 3
SourceLiinc em Revista; v. 17 n. 1 (2021): Infodemia e o Nosso Futuro; e5653 (pt-BR) 3
SourceLiinc em Revista; Vol. 17 Núm. 1 (2021): Infodemia e o Nosso Futuro; e5653 (es-ES) 3
Source1808-3536 () 3
ThemaFacebook (pt-BR) 1
ThemaComunicação Pública (pt-BR) 1
ThemaSociedade de Plataforma (pt-BR) 1
ThemaRede de Comunicação (pt-BR) 1
ThemaPublic Communication (en) 1
ThemaPlatform Society (en) 1
ThemaCommunication Networks (en) 1
ThemaOBCOMP (en) 1
ThemaOBCOM (en) 1