From contact-tracing to surveillance: a TraceTogether App study
[Liinc em Revista; Vol. 17 No. 1 (2021): Infodemic and Our Future; e5710]
Do rastreamento de contato à vigilância: um estudo sobre o TraceTogether App

From contact-tracing to surveillance: a TraceTogether App study

Resumo: Em à meio pandemia do SARS-CoV-2, também denominado de Covid-19, houve a intensificação do diálogo entre medidas sanitárias e tecnológicas para o combate e contenção do vírus. Nesse contexto, o presente trabalho tem por objetivo estudar a possível lógica de vigilância que permeia os aplicativos de rastreamento de contato utilizados para combate à pandemia. Valendo-se dos conceitos de Capitalismo de Vigilância e cultura de vigilância, parte-se de um desenvolvimento teórico, ancorado à análise empírica do caso de Cingapura, orientado pelas Regras de Inferência elaboradas por Epstein e King, a fim de verificar se o desvio de finalidade em sua utilização representa um reforço à lógica de vigilância vigente. Ao final conclui-se que, a depender de seu conteúdo, as alterações feitas nas políticas de privacidade podem reforçar uma lógica de vigilância que incide, especialmente, sobre populações historicamente perseguidas e marginalizadas

Palavras-chave: Capitalismo de Vigilância. Proteção de Dado. Rastreamento de Contato.



Abstract: In the midst of the SARS-CoV-2 pandemic, also known as Covid-19, there has been an intensified dialogue between health and technological measures to combat and contain the virus. In this context, this paper aims to study the possible surveillance logic that permeates the contact-tracing applications used to combat the pandemic. Drawing on the concepts of Surveillance Capitalism and surveillance culture, it starts from a theoretical development, anchored in the empirical analysis of the Singapore case, guided by the Rules of Inference developed by Epstein and King, in order to verify whether the deviation of purpose in the app´s usage represents a reinforcement of the surveillance logic in place. In the end, we conclude that, depending on their content, the changes made in privacy policies may reinforce a logic of surveillance that especially affects historically persecuted and marginalized populations

Keywords: Surveillance Capitalism. Data Protection. TraceTogether App. Contact-tracing.



Como citar
NEGRI, S. M. C. V.; BATISTA, N. P. R. Do rastreamento de contato à vigilância: um estudo sobre o tracetogether app. Liinc em revista, v. 17, 2021. DOI: 10.18617/liinc.v17i1.5710 Acesso em: 03 out. 2022.

Compartilhe
Plum X Metrics
Refs
40
NLP

Referências

proprietyvalue
DescriptorDo rastreamento de contato à vigilância: um estudo sobre o TraceTogether App
NEGRI, Sergio Marcos Carvalho de Ávila; BATISTA, Nathan Paschoalini Ribeiro
Liinc em revista, v. 17, 2021. () (pt-BR) 3
Identificadorhttp://revista.ibict.br/liinc/article/view/5710 (pt-BR) 3
IdentificadorDOI: 10.18617/liinc.v17i1.5710 (pt-BR) 3
TitleDo rastreamento de contato à vigilância: um estudo sobre o TraceTogether App (pt-BR) 3
TitleFrom contact-tracing to surveillance: a TraceTogether App study (en) 3
AuthorNEGRI, Sergio Marcos Carvalho de Ávila (pt-BR) 1
AuthorBATISTA, Nathan Paschoalini Ribeiro (pt-BR) 1
Access Linkhttp://revista.ibict.br/liinc/article/view/5710/5284 (pt-BR) 3
IssueLiinc em revista, v. 17, 2021. (pt-BR) 2
Nome da PulicaçãoLiinc em revista (pt-BR) 1
Sessão () 3
Disponibilizado2021-06-18 (pt-BR) 1
hasAbstractEm à meio pandemia do SARS-CoV-2, também denominado de Covid-19, houve a intensificação do diálogo entre medidas sanitárias e tecnológicas para o combate e contenção do vírus. Nesse contexto, o presente trabalho tem por objetivo estudar a possível lógica de vigilância que permeia os aplicativos de rastreamento de contato utilizados para combate à pandemia. Valendo-se dos conceitos de Capitalismo de Vigilância e cultura de vigilância, parte-se de um desenvolvimento teórico, ancorado à análise empírica do caso de Cingapura, orientado pelas Regras de Inferência elaboradas por Epstein e King, a fim de verificar se o desvio de finalidade em sua utilização representa um reforço à lógica de vigilância vigente. Ao final conclui-se que, a depender de seu conteúdo, as alterações feitas nas políticas de privacidade podem reforçar uma lógica de vigilância que incide, especialmente, sobre populações historicamente perseguidas e marginalizadas (pt-BR) 3
hasAbstractIn the midst of the SARS-CoV-2 pandemic, also known as Covid-19, there has been an intensified dialogue between health and technological measures to combat and contain the virus. In this context, this paper aims to study the possible surveillance logic that permeates the contact-tracing applications used to combat the pandemic. Drawing on the concepts of Surveillance Capitalism and surveillance culture, it starts from a theoretical development, anchored in the empirical analysis of the Singapore case, guided by the Rules of Inference developed by Epstein and King, in order to verify whether the deviation of purpose in the app´s usage represents a reinforcement of the surveillance logic in place. In the end, we conclude that, depending on their content, the changes made in privacy policies may reinforce a logic of surveillance that especially affects historically persecuted and marginalized populations (en) 3
hasFileStorage_repository/708/2022/06/oai_ojs_revista_ibict_br_article_5710#00051.pdf () 1
hasIdDo rastreamento de contato à vigilância: um estudo sobre o TraceTogether App
NEGRI, Sergio Marcos Carvalho de Ávila; BATISTA, Nathan Paschoalini Ribeiro
Liinc em revista, v. 17, 2021. () () 3
SourceLiinc em Revista; Vol. 17 No. 1 (2021): Infodemic and Our Future; e5710 (pt-BR) 3
SourceLiinc em Revista; v. 17 n. 1 (2021): Infodemia e o Nosso Futuro; e5710 (pt-BR) 3
SourceLiinc em Revista; Vol. 17 Núm. 1 (2021): Infodemia e o Nosso Futuro; e5710 (es-ES) 3
Source1808-3536 () 3
ThemaCapitalismo de Vigilância (pt-BR) 1
ThemaProteção de Dado (pt-BR) 1
ThemaRastreamento de Contato (pt-BR) 1
ThemaSurveillance Capitalism (en) 1
ThemaData Protection (en) 1
ThemaTraceTogether App (en) 1
ThemaContact-tracing (en) 1