Beyond the description of difference: notes on the intersectional roulette method for communication studies
[Liinc em Revista; Vol. 17 No. 2 (2021): Decoloniality and Information Science: dialogical pathways; e5715]
Para além da descrição da diferença: apontamentos sobre o método da roleta interseccional para estudos em Comunicação

Beyond the description of difference: notes on the intersectional roulette method for communication studies

Resumo: Este trabalho visa aprofundar o debate sobre o método da roleta interseccional para estudos em Comunicação, compreendendo que a proposta aciona categorias e marcadores da diferença (gênero, raça, classe, idade, sexualidade, peso, geolocalização e deficiência) distintos, complexos e em reiterada disputa. Ao compreender que a articulação de diferentes avenidas identitárias mobiliza profundos debates a respeito, inclusive, dos seus fundamentos sociológicos e culturais, a proposição interseccional não somente os reconhece como é constituída por estes pressupostos, reivindicando análises em conformidade com a complexidade dos marcadores e das suas estruturas de opressão. Propõe-se aqui, portanto, ampliar a discussão sobre a roleta interseccional, articulando saberes e etapas analíticas importantes para a sua aplicabilidade, bem como esboçar a silhueta de uma análise de objeto comunicacional – movimento Body Positive no Instagram - a partir deste projeto metodológico

Palavras-chave: Interseccionalidade. Comunicação. Metodologia. Roleta Interseccional.



Abstract: This paper aims to deepen the debate about the method of intersectional roulette for studies in Communication, understanding that the proposal triggers categories and markers of difference (gender, race, class, age, sexuality, weight, geolocation and disability) that are distinct, complex and in repeated dispute. By understanding that the articulation of different identity avenues mobilizes profound debates regarding, among other things, their sociological and cultural foundations, the intersectional proposition not only recognizes them but is also constituted by these assumptions, claiming analyses in conformity with the complexity of the markers and their structures of oppression. It is proposed here, therefore, to expand the discussion on intersectional roulette, articulating important knowledge and analytical steps for its applicability, as well as sketching the silhouette of a communicational object analysis – Body Positive movement on Instagram - from this methodological project

Keywords: Intersectionality. Communication. Methodology. Intersectional Roulette.



Como citar
CARRERA, F. Para além da descrição da diferença: apontamentos sobre o método da roleta interseccional para estudos em comunicação. Liinc em revista, v. 17, 2021. DOI: 10.18617/liinc.v17i2.5715 Acesso em: 28 set. 2022.

Compartilhe
Plum X Metrics
Refs
36
NLP

Referências

proprietyvalue
DescriptorPara além da descrição da diferença: apontamentos sobre o método da roleta interseccional para estudos em Comunicação
CARRERA, FERNANDA
Liinc em revista, v. 17, 2021. () (pt-BR) 3
Identificadorhttp://revista.ibict.br/liinc/article/view/5715 (pt-BR) 3
IdentificadorDOI: 10.18617/liinc.v17i2.5715 (pt-BR) 3
TitlePara além da descrição da diferença: apontamentos sobre o método da roleta interseccional para estudos em Comunicação (pt-BR) 3
TitleBeyond the description of difference: notes on the intersectional roulette method for communication studies (en) 3
AuthorCARRERA, FERNANDA (pt-BR) 1
Access Linkhttp://revista.ibict.br/liinc/article/view/5715/5406 (pt-BR) 3
IssueLiinc em revista, v. 17, 2021. (pt-BR) 2
Nome da PulicaçãoLiinc em revista (pt-BR) 1
Sessão () 3
Disponibilizado2021-11-30 (pt-BR) 1
hasAbstractEste trabalho visa aprofundar o debate sobre o método da roleta interseccional para estudos em Comunicação, compreendendo que a proposta aciona categorias e marcadores da diferença (gênero, raça, classe, idade, sexualidade, peso, geolocalização e deficiência) distintos, complexos e em reiterada disputa. Ao compreender que a articulação de diferentes avenidas identitárias mobiliza profundos debates a respeito, inclusive, dos seus fundamentos sociológicos e culturais, a proposição interseccional não somente os reconhece como é constituída por estes pressupostos, reivindicando análises em conformidade com a complexidade dos marcadores e das suas estruturas de opressão. Propõe-se aqui, portanto, ampliar a discussão sobre a roleta interseccional, articulando saberes e etapas analíticas importantes para a sua aplicabilidade, bem como esboçar a silhueta de uma análise de objeto comunicacional – movimento Body Positive no Instagram - a partir deste projeto metodológico (pt-BR) 3
hasAbstractThis paper aims to deepen the debate about the method of intersectional roulette for studies in Communication, understanding that the proposal triggers categories and markers of difference (gender, race, class, age, sexuality, weight, geolocation and disability) that are distinct, complex and in repeated dispute. By understanding that the articulation of different identity avenues mobilizes profound debates regarding, among other things, their sociological and cultural foundations, the intersectional proposition not only recognizes them but is also constituted by these assumptions, claiming analyses in conformity with the complexity of the markers and their structures of oppression. It is proposed here, therefore, to expand the discussion on intersectional roulette, articulating important knowledge and analytical steps for its applicability, as well as sketching the silhouette of a communicational object analysis – Body Positive movement on Instagram - from this methodological project (en) 3
hasFileStorage_repository/708/2022/01/oai_ojs_revista_ibict_br_article_5715#00051.pdf () 1
hasIdPara além da descrição da diferença: apontamentos sobre o método da roleta interseccional para estudos em Comunicação
CARRERA, FERNANDA
Liinc em revista, v. 17, 2021. () () 3
SourceLiinc em Revista; Vol. 17 No. 2 (2021): Decoloniality and Information Science: dialogical pathways; e5715 (pt-BR) 3
SourceLiinc em Revista; v. 17 n. 2 (2021): Decolonialidade e Ciência da Informação: Veredas Dialógicas; e5715 (pt-BR) 3
SourceLiinc em Revista; Vol. 17 Núm. 2 (2021): Decolonialidad y ciencia de la información: Veredas de diálogos; e5715 (es-ES) 3
Source1808-3536 () 3
ThemaInterseccionalidade (pt-BR) 1
ThemaComunicação (pt-BR) 1
ThemaMetodologia (pt-BR) 1
ThemaRoleta Interseccional (pt-BR) 1
ThemaIntersectionality (en) 1
ThemaCommunication (en) 1
ThemaMethodology (en) 1
ThemaIntersectional Roulette (en) 1