Afrocentricity, memory and information
[Liinc em Revista; Vol. 17 No. 2 (2021): Decoloniality and Information Science: dialogical pathways; e5731]
Afrocentricidade, Memória e Informação

Afrocentricity, memory and information

Resumo: Destacando a via afrocêntrica do pensamento, este artigo analisa os conceitos de memória e patrimônio afro-brasileiro no contexto da Biblioteconomia e Ciência da Informação. Pergunta como a temática cultura afro-brasileira é abordada na literatura especializada da área. A hipótese é que o processo histórico de escravização e racismo escamoteou os saberes negros, reduzindo-os a uma presença à margem do núcleo acadêmico-científico dominante. A pesquisa é exploratória e o método utilizado foi qualitativo e reflexivo, com base em revisão bibliográfica. Também foi realizado um levantamento de artigos científicos sobre o tema na base BRAPCI. Foi usada a filosofia Sankofa para nortear a construção do artigo e a exposição dos argumentos. As pesquisas estão voltadas para a compreensão dos paradigmas científicos na Ciência da Informação, para a ausência de teorias e metodologias no tratamento da informação etnicorracial, para a necessidade de inclusão de conteúdos afrocêntricos no ensino, para a introdução da temática na pesquisa de pós-graduação e para a formação de um profissional capacitado para atuar no desenvolvimento de acervos cultural e socialmente representativos. A discussão dos resultados baseou-se nas categorias desenvolvidas na revisão e naquelas que foram identificadas no corpus de análise. Conclui que há uma ênfase em afirmar a necessidade de inclusão das memórias e dos conhecimentos da população afro-brasileira em ambientes institucionais, como universidades e unidades de informação. Contribui ao evidenciar que a pluralidade e diversidade na formação do pensamento, nos ambientes de preservação de memórias e disseminação de saberes dependerão de ações e atitudes cada vez mais práticas.

Palavras-chave: Afrocentricidade. Paradigma. Memória. Informação. Biblioteca. Afro. Brasileiro.



Abstract: Highlighting the Afrocentric way of thinking, this article analyzes the concepts of memory and african-Brazilian heritage in the context of Library and Information Science. Asks how the theme of Afro-Brazilian culture is addressed in the specialized literature of the área. The hypothesis is that the historical process of enslavement and racism concealed black knowledge, reducing it to a presence on the margins of the dominant academic-scientific nucleus. The research is exploratory and the method used was qualitative and reflective, based on a literature review. A survey of scientific articles on the topic was also carried out in the BRAPCI database. The Sankofa philosophy was used to guide the construction of the article and the presentation of the arguments. The research is focused on understanding the scientific paradigms in Information Science, the absence of theories and methodologies in the treatment of ethno-racial information, the need to include Afrocentric content in teaching, the introduction of the theme in graduate research and for the formation of a capable professional to act in the development of culturally and socially representative collections. The discussion of the results was based on the categories developed in the review and those identified in the analysis corpus. It concludes that there is an emphasis on affirming the need to include the memories and knowledge of the Afro-Brazilian population in institutional environments, such as universities and information units. It contributes by showing that plurality and diversity in the formation of thought, in environments for the preservation of memories and the dissemination of knowledge will depend on increasingly practical actions and attitudes.

Keywords: Afrocentricity. Afro-brazilian. Paradigm. Memory. Information. Library.



Como citar
Sá, C.; FRANCELIN, M. Afrocentricidade, memória e informação. Liinc em revista, v. 17, 2021. Disponível em: http://hdl.handle.net/20.500.11959/brapci/168568. Acesso em: 27 set. 2022.

Compartilhe
Plum X Metrics
Refs
63
NLP

Referências

proprietyvalue
DescriptorAfrocentricidade, Memória e Informação
Sá, Camila; FRANCELIN, Marivalde
Liinc em revista, v. 17, 2021. () (pt-BR) 3
Identificadorhttp://revista.ibict.br/liinc/article/view/5731 (pt-BR) 3
TitleAfrocentricidade, Memória e Informação (pt-BR) 3
TitleAfrocentricity, memory and information (en) 3
AuthorSá, Camila (pt-BR) 1
AuthorFRANCELIN, Marivalde (pt-BR) 1
Access Linkhttp://revista.ibict.br/liinc/article/view/5731/5384 (pt-BR) 3
IssueLiinc em revista, v. 17, 2021. (pt-BR) 2
Nome da PulicaçãoLiinc em revista (pt-BR) 1
Sessão () 3
Disponibilizado2021-11-30 (pt-BR) 1
hasAbstractDestacando a via afrocêntrica do pensamento, este artigo analisa os conceitos de memória e patrimônio afro-brasileiro no contexto da Biblioteconomia e Ciência da Informação. Pergunta como a temática cultura afro-brasileira é abordada na literatura especializada da área. A hipótese é que o processo histórico de escravização e racismo escamoteou os saberes negros, reduzindo-os a uma presença à margem do núcleo acadêmico-científico dominante. A pesquisa é exploratória e o método utilizado foi qualitativo e reflexivo, com base em revisão bibliográfica. Também foi realizado um levantamento de artigos científicos sobre o tema na base BRAPCI. Foi usada a filosofia Sankofa para nortear a construção do artigo e a exposição dos argumentos. As pesquisas estão voltadas para a compreensão dos paradigmas científicos na Ciência da Informação, para a ausência de teorias e metodologias no tratamento da informação etnicorracial, para a necessidade de inclusão de conteúdos afrocêntricos no ensino, para a introdução da temática na pesquisa de pós-graduação e para a formação de um profissional capacitado para atuar no desenvolvimento de acervos cultural e socialmente representativos. A discussão dos resultados baseou-se nas categorias desenvolvidas na revisão e naquelas que foram identificadas no corpus de análise. Conclui que há uma ênfase em afirmar a necessidade de inclusão das memórias e dos conhecimentos da população afro-brasileira em ambientes institucionais, como universidades e unidades de informação. Contribui ao evidenciar que a pluralidade e diversidade na formação do pensamento, nos ambientes de preservação de memórias e disseminação de saberes dependerão de ações e atitudes cada vez mais práticas. (pt-BR) 3
hasAbstractHighlighting the Afrocentric way of thinking, this article analyzes the concepts of memory and african-Brazilian heritage in the context of Library and Information Science. Asks how the theme of Afro-Brazilian culture is addressed in the specialized literature of the área. The hypothesis is that the historical process of enslavement and racism concealed black knowledge, reducing it to a presence on the margins of the dominant academic-scientific nucleus. The research is exploratory and the method used was qualitative and reflective, based on a literature review. A survey of scientific articles on the topic was also carried out in the BRAPCI database. The Sankofa philosophy was used to guide the construction of the article and the presentation of the arguments. The research is focused on understanding the scientific paradigms in Information Science, the absence of theories and methodologies in the treatment of ethno-racial information, the need to include Afrocentric content in teaching, the introduction of the theme in graduate research and for the formation of a capable professional to act in the development of culturally and socially representative collections. The discussion of the results was based on the categories developed in the review and those identified in the analysis corpus. It concludes that there is an emphasis on affirming the need to include the memories and knowledge of the Afro-Brazilian population in institutional environments, such as universities and information units. It contributes by showing that plurality and diversity in the formation of thought, in environments for the preservation of memories and the dissemination of knowledge will depend on increasingly practical actions and attitudes. (en) 3
hasFileStorage_repository/708/2022/01/oai_ojs_revista_ibict_br_article_5731#00051.pdf () 1
hasIdAfrocentricidade, Memória e Informação
Sá, Camila; FRANCELIN, Marivalde
Liinc em revista, v. 17, 2021. () () 3
SourceLiinc em Revista; Vol. 17 No. 2 (2021): Decoloniality and Information Science: dialogical pathways; e5731 (pt-BR) 3
SourceLiinc em Revista; v. 17 n. 2 (2021): Decolonialidade e Ciência da Informação: Veredas Dialógicas; e5731 (pt-BR) 3
SourceLiinc em Revista; Vol. 17 Núm. 2 (2021): Decolonialidad y ciencia de la información: Veredas de diálogos; e5731 (es-ES) 3
Source1808-3536 () 3
ThemaAfrocentricidade (pt-BR) 1
ThemaParadigma (pt-BR) 1
ThemaMemória (pt-BR) 1
ThemaInformação (pt-BR) 1
ThemaBiblioteca (pt-BR) 1
ThemaAfro (pt-BR) 1
ThemaBrasileiro (pt-BR) 1
ThemaAfrocentricity (en) 1
ThemaAfro-brazilian (en) 1
ThemaParadigm (en) 1
ThemaMemory (en) 1
ThemaInformation (en) 1
ThemaLibrary (en) 1