Dorothy Porter Wesley and the Knowledge Organization in the Moorland-Spingarn Research Center Special Collection
[Liinc em Revista; Vol. 17 No. 2 (2021): Decoloniality and Information Science: dialogical pathways; e5780]
Dorothy Porter Wesley e a Organização do Conhecimento na Coleção Especial Moorland-Spingarn Research Center

Dorothy Porter Wesley and the Knowledge Organization in the Moorland-Spingarn Research Center Special Collection

Resumo: Este artigo apresenta a bibliotecária negra[1], Dorothy Porter Wesley, com especial enfoque em sua atuação na organização da Coleção Especial do Moorland-Spingarn Research Center. Com base em materiais bibliográficos e documentais, evidencia a denúncia realizada pela bibliotecária sobre a abordagem etnocêntrica, preconceituosa e limitante da Classificação Decimal de Dewey para catalogação dos recursos informacionais da Coleção. Para resolver essa lacuna, Porter Wesley preparou diversas bibliografias e catálogos destinados à organizar o conhecimento elaborado por e sobre as populações negras, africanas e da diáspora da Coleção. O estudo investiga o desenvolvimento crítico de sua trajetória e o papel metaepistemológico e metametodológico que conjuga a apropriação de ferramentas do campo informacional – a começar, a bibliografia –, como forma de luta, de resistência e de emancipação da comunidade negra americana. A pesquisa, em seus resultados, atesta a potencialidade revolucionária da práxis de Dorothy Porter Wesley, assim como fundamenta outra via epistemológico-histórica de concepção do campo biblioteconômico-informacional.    [1] Não usaremos o termo “de cor” para se referir a pessoas negras americanas a não ser quando a passagem abordar uma citação da própria Dorothy Porter Wesley, embora seu uso popular seja um fato em alguns contextos dos Estados Unidos. Para tanto, quando utilizamos o termo “negra” ou “afro-americana” estamos nos referindo a pessoas de origem africana na diáspora, esta última resultante de crimes contra humanidade.

Palavras-chave: Organização do Conhecimento. Conhecimento Negro. Biblioteconomia Negra. Estado Unido.



Abstract: This article presents the black librarian, Dorothy Porter Wesley, with a special focus on her role in organizing the Special Collection of the Moorland-Spingarn Research Center. Based on bibliographic and documentary materials, we highlight the denunciation made by this black librarian about the ethnocentric, prejudiced and limiting approach of the Dewey Decimal Classification for cataloging the informational resources of the Collection. To address this gap, Porter Wesley has prepared several bibliographies and catalogs designed to organize the knowledge produced by and about the Negro , African and diaspora populations of the Collection. The study investigates the critical development of her trajectory and the metaepistemological and metamethodological role that combines the appropriation of tools from the informational field – starting with bibliography – as a form of fight, resistance and emancipation for the American Negro community. As main results, this research attests to the revolutionary potentiality of the praxis of Dorothy Porter Wesley, as well as substantiating another epistemological-historical way of conception of the library and information science

Keywords: Knowledge Organization. Black Knowledge. Black Librarianship. United States.



Como citar
SILVA, F. C. G.; GARCEZ, D. C.; SALES, R.; SALDANHA, G. S. Dorothy porter wesley e a organização do conhecimento na coleção especial moorland-spingarn research center. Liinc em revista, v. 17, 2021. DOI: 10.18617/liinc.v17i2.5780 Acesso em: 03 out. 2022.

Compartilhe
Plum X Metrics
Refs
60
NLP

Referências

proprietyvalue
DescriptorDorothy Porter Wesley e a Organização do Conhecimento na Coleção Especial Moorland-Spingarn Research Center
SILVA, Franciéle Carneiro Garcês da; GARCEZ, Dirnele Carneiro; SALES, Rodrigo; SALDANHA, Gustavo da Silva
Liinc em revista, v. 17, 2021. () (pt-BR) 3
Identificadorhttp://revista.ibict.br/liinc/article/view/5780 (pt-BR) 3
IdentificadorDOI: 10.18617/liinc.v17i2.5780 (pt-BR) 3
TitleDorothy Porter Wesley e a Organização do Conhecimento na Coleção Especial Moorland-Spingarn Research Center (pt-BR) 3
TitleDorothy Porter Wesley and the Knowledge Organization in the Moorland-Spingarn Research Center Special Collection (en) 3
AuthorSILVA, Franciéle Carneiro Garcês da (pt-BR) 1
AuthorGARCEZ, Dirnele Carneiro (pt-BR) 1
AuthorSALES, Rodrigo (pt-BR) 1
AuthorSALDANHA, Gustavo da Silva (pt-BR) 1
Access Linkhttp://revista.ibict.br/liinc/article/view/5780/5388 (pt-BR) 3
IssueLiinc em revista, v. 17, 2021. (pt-BR) 2
Nome da PulicaçãoLiinc em revista (pt-BR) 1
Sessão () 3
Disponibilizado2021-11-30 (pt-BR) 1
hasAbstractEste artigo apresenta a bibliotecária negra[1], Dorothy Porter Wesley, com especial enfoque em sua atuação na organização da Coleção Especial do Moorland-Spingarn Research Center. Com base em materiais bibliográficos e documentais, evidencia a denúncia realizada pela bibliotecária sobre a abordagem etnocêntrica, preconceituosa e limitante da Classificação Decimal de Dewey para catalogação dos recursos informacionais da Coleção. Para resolver essa lacuna, Porter Wesley preparou diversas bibliografias e catálogos destinados à organizar o conhecimento elaborado por e sobre as populações negras, africanas e da diáspora da Coleção. O estudo investiga o desenvolvimento crítico de sua trajetória e o papel metaepistemológico e metametodológico que conjuga a apropriação de ferramentas do campo informacional – a começar, a bibliografia –, como forma de luta, de resistência e de emancipação da comunidade negra americana. A pesquisa, em seus resultados, atesta a potencialidade revolucionária da práxis de Dorothy Porter Wesley, assim como fundamenta outra via epistemológico-histórica de concepção do campo biblioteconômico-informacional.    [1] Não usaremos o termo “de cor” para se referir a pessoas negras americanas a não ser quando a passagem abordar uma citação da própria Dorothy Porter Wesley, embora seu uso popular seja um fato em alguns contextos dos Estados Unidos. Para tanto, quando utilizamos o termo “negra” ou “afro-americana” estamos nos referindo a pessoas de origem africana na diáspora, esta última resultante de crimes contra humanidade. (pt-BR) 3
hasAbstractThis article presents the black librarian, Dorothy Porter Wesley, with a special focus on her role in organizing the Special Collection of the Moorland-Spingarn Research Center. Based on bibliographic and documentary materials, we highlight the denunciation made by this black librarian about the ethnocentric, prejudiced and limiting approach of the Dewey Decimal Classification for cataloging the informational resources of the Collection. To address this gap, Porter Wesley has prepared several bibliographies and catalogs designed to organize the knowledge produced by and about the Negro , African and diaspora populations of the Collection. The study investigates the critical development of her trajectory and the metaepistemological and metamethodological role that combines the appropriation of tools from the informational field – starting with bibliography – as a form of fight, resistance and emancipation for the American Negro community. As main results, this research attests to the revolutionary potentiality of the praxis of Dorothy Porter Wesley, as well as substantiating another epistemological-historical way of conception of the library and information science (en) 3
hasFileStorage_repository/708/2022/01/oai_ojs_revista_ibict_br_article_5780#00051.pdf () 1
hasIdDorothy Porter Wesley e a Organização do Conhecimento na Coleção Especial Moorland-Spingarn Research Center
SILVA, Franciéle Carneiro Garcês da; GARCEZ, Dirnele Carneiro; SALES, Rodrigo; SALDANHA, Gustavo da Silva
Liinc em revista, v. 17, 2021. () () 3
SourceLiinc em Revista; Vol. 17 No. 2 (2021): Decoloniality and Information Science: dialogical pathways; e5780 (pt-BR) 3
SourceLiinc em Revista; v. 17 n. 2 (2021): Decolonialidade e Ciência da Informação: Veredas Dialógicas; e5780 (pt-BR) 3
SourceLiinc em Revista; Vol. 17 Núm. 2 (2021): Decolonialidad y ciencia de la información: Veredas de diálogos; e5780 (es-ES) 3
Source1808-3536 () 3
ThemaOrganização do Conhecimento (pt-BR) 1
ThemaConhecimento Negro (pt-BR) 1
ThemaBiblioteconomia Negra (pt-BR) 1
ThemaEstado Unido (pt-BR) 1
ThemaKnowledge Organization (en) 1
ThemaBlack Knowledge (en) 1
ThemaBlack Librarianship (en) 1
ThemaUnited States (en) 1