Atravessando as Ruas da Cidade: Desejo, Poder e Manifestações Sociais │ Crossing the City Streets: Desire, Power and Social Protests
[Liinc em Revista; v. 10, n. 1 (2014): Redes, ruas, mídias: revolta e reação]
Crise da Representação e Rede |
Atravessando as Ruas da Cidade: Desejo, Poder e Manifestações Sociais │ Crossing the City Streets: Desire, Power and Social Protests

Resumo: RESUMO Este artigo apresenta considerações acerca das movimentações sociais que eclodiram pelo Brasil em junho de 2013, vistas sob a perspectiva da Análise Institucional. Assume-se posição implicada, ressaltando a relação das contradições inerentes à urbanidade evidenciadas como operadores analíticos, reconhecendo atravessamentos à produção de subjetividade no meio urbano e seus paradoxos. Lança olhar à micropolítica das forças instituintes desejantes e sociais expressadas nas ruas, apresentando focos possíveis às lutas coletivas por transformação. Por fim, destaca-se a possibilidade de contribuições das reflexões construídas pelos diversos saberes, abrindo caminho para novas interrogações na invenção de outras análises e movimentos.Palavras-chave: Psicologia Institucional; Manifestações Públicas – Brasil; Movimentos de Protesto; Cidade; Subjetividade.               ABSTRACT This article presents considerations concerning the social movements that erupted in Brazil, June 2013, viewed from the Institutional Analysis perspective. Assuming an implicated position, emphasizing the relationship of the contradictions inherent to urbanity evidenced as analyzers, recognizing crossings in the production of subjectivity in the urban environment and their paradoxes. It looks at the micro-politics of the desiring and socially instituting forces expressed in the streets, as a possible focus on collective struggles for transformation. Finally it highlights the possibility of contributions from various knowledge forms, showing the way for new questions in the invention of other analyses and movements.Keywords: Institutional Psychology; Public Demonstrations – Brazil; Protest Movements; City; Subjectivity.

Palavras-chave: Psicologia Institucional. Manifestação Pública. Brasil. Movimento de Protesto. Cidade. Subjetividade.



Como citar
ÁVILA, R. F.; MONTEIRO, R. C. Atravessando as ruas da cidade: desejo, poder e manifestações sociais │ crossing the city streets: desire, power and social protests. Liinc em revista, v. 10, n. 1, 2014. DOI: 10.18617/liinc.v10i1.659 Acesso em: 03 out. 2022.

Compartilhe
Plum X Metrics
NLP
proprietyvalue
DescriptorAtravessando as Ruas da Cidade: Desejo, Poder e Manifestações Sociais │ Crossing the City Streets: Desire, Power and Social Protests
ÁVILA, Raphael Ferreira; MONTEIRO, Rosa Cristina
Liinc em revista, n. 1, v. 10, 2014. (Crise da Representação e Rede |) (pt-BR) 3
Identificadorhttp://revista.ibict.br/liinc/article/view/3511 (pt-BR) 3
IdentificadorDOI: 10.18617/liinc.v10i1.659 (pt-BR) 3
TitleAtravessando as Ruas da Cidade: Desejo, Poder e Manifestações Sociais │ Crossing the City Streets: Desire, Power and Social Protests (pt-BR) 3
AuthorÁVILA, Raphael Ferreira (pt-BR) 1
AuthorMONTEIRO, Rosa Cristina (pt-BR) 1
Access Linkhttp://revista.ibict.br/liinc/article/view/3511/3024 (pt-BR) 3
IssueLiinc em revista, n. 1, v. 10, 2014. (pt-BR) 2
Nome da PulicaçãoLiinc em revista (pt-BR) 1
SessãoCrise da Representação e Rede | (pt-BR) 1
Disponibilizado2014-05-27 (pt-BR) 1
hasAbstractRESUMO Este artigo apresenta considerações acerca das movimentações sociais que eclodiram pelo Brasil em junho de 2013, vistas sob a perspectiva da Análise Institucional. Assume-se posição implicada, ressaltando a relação das contradições inerentes à urbanidade evidenciadas como operadores analíticos, reconhecendo atravessamentos à produção de subjetividade no meio urbano e seus paradoxos. Lança olhar à micropolítica das forças instituintes desejantes e sociais expressadas nas ruas, apresentando focos possíveis às lutas coletivas por transformação. Por fim, destaca-se a possibilidade de contribuições das reflexões construídas pelos diversos saberes, abrindo caminho para novas interrogações na invenção de outras análises e movimentos.Palavras-chave: Psicologia Institucional; Manifestações Públicas – Brasil; Movimentos de Protesto; Cidade; Subjetividade.               ABSTRACT This article presents considerations concerning the social movements that erupted in Brazil, June 2013, viewed from the Institutional Analysis perspective. Assuming an implicated position, emphasizing the relationship of the contradictions inherent to urbanity evidenced as analyzers, recognizing crossings in the production of subjectivity in the urban environment and their paradoxes. It looks at the micro-politics of the desiring and socially instituting forces expressed in the streets, as a possible focus on collective struggles for transformation. Finally it highlights the possibility of contributions from various knowledge forms, showing the way for new questions in the invention of other analyses and movements.Keywords: Institutional Psychology; Public Demonstrations – Brazil; Protest Movements; City; Subjectivity. (pt-BR) 3
hasFileStorage_repository/708/2018/09/oai_ojs_revista_ibict_br_article_3511#00051.pdf () 1
hasIdAtravessando as Ruas da Cidade: Desejo, Poder e Manifestações Sociais │ Crossing the City Streets: Desire, Power and Social Protests
ÁVILA, Raphael Ferreira; MONTEIRO, Rosa Cristina
Liinc em revista, n. 1, v. 10, 2014. (Crise da Representação e Rede |) () 3
SourceLiinc em Revista; v. 10, n. 1 (2014): Redes, ruas, mídias: revolta e reação (pt-BR) 3
Source1808-3536 () 3
ThemaPsicologia Institucional (pt-BR) 1
ThemaManifestação Pública (pt-BR) 1
ThemaBrasil (pt-BR) 1
ThemaMovimento de Protesto (pt-BR) 1
ThemaCidade (pt-BR) 1
ThemaSubjetividade (pt-BR) 1