A virada deliberativa nos estudos sociais da ciência e tecnologia e seus reflexos para novos regimes de inovação | The deliberative turn in social studies of science and technology and its reflections on the new innovation regimen
[Liinc em Revista; v. 8, n. 1 (2012): Ciência, tecnologia e inovação social]
Dossiê Ciência, Tecnologia e Inovação Social |
A virada deliberativa nos estudos sociais da ciência e tecnologia e seus reflexos para novos regimes de inovação | The deliberative turn in social studies of science and technology and its reflections on the new innovation regimen

Resumo: Resumo A partir da constatação de uma virada deliberativa nos Estudos Sociais da Ciência e da Tecnologia (ESCT) são identificados reflexos dentro dos estudos e práticas de Inovação. Propõem-se duas categorias de participação pública: uma primeira, oriunda dos ESCT, cujo enfoque está nos produtores de tecnologia e uma segunda, cuja centralidade se encontra nos próprios usuários das inovações. Ainda que divergentes sobre arranjos institucionais e propósitos, são estruturas conceituais complementares que podem ser particularmente utilizadas para a elaboração de políticas para o desenvolvimento de tecnologias e inovações sociais.Palavras-chave democracia; participação; avaliação de tecnologias; inovação; tecnologias sociaisAbstract From the identification of a ´deliberative turn´ in Science and Technology Studies (STS), it is possible to point out reflections in some innovation studies and practices. This article proposes two categories of public engagement: the first one, born in the STS, aims mostly at the technology producers, while the second centers the analysis on the innovation users. Although each category is divergent about its institutional settings and purposes, they are complementary conceptual frameworks that can be particularly useful in policy making for the development of Social Innovations or Technologies. Keywords democracy; participation; technology assessment; innovation; social technologies

Palavras-chave: Democracia. Participação. Avaliação de Tecnologia. Inovação. Tecnologia Social.



Como citar
FONSECA, P. A virada deliberativa nos estudos sociais da ciência e tecnologia e seus reflexos para novos regimes de inovação | the deliberative turn in social studies of science and technology and its reflections on the new innovation regimen. Liinc em revista, v. 8, n. 1, 2012. DOI: 10.18617/liinc.v8i1.467 Acesso em: 28 set. 2022.

Compartilhe
Plum X Metrics
NLP
proprietyvalue
DescriptorA virada deliberativa nos estudos sociais da ciência e tecnologia e seus reflexos para novos regimes de inovação | The deliberative turn in social studies of science and technology and its reflections on the new innovation regimen
FONSECA, Paulo
Liinc em revista, n. 1, v. 8, 2012. (Dossiê Ciência, Tecnologia e Inovação Social |) (pt-BR) 3
Identificadorhttp://revista.ibict.br/liinc/article/view/3347 (pt-BR) 3
IdentificadorDOI: 10.18617/liinc.v8i1.467 (pt-BR) 3
TitleA virada deliberativa nos estudos sociais da ciência e tecnologia e seus reflexos para novos regimes de inovação | The deliberative turn in social studies of science and technology and its reflections on the new innovation regimen (pt-BR) 3
AuthorFONSECA, Paulo (pt-BR) 1
Access Linkhttp://revista.ibict.br/liinc/article/view/3347/2953 (pt-BR) 3
IssueLiinc em revista, n. 1, v. 8, 2012. (pt-BR) 2
Nome da PulicaçãoLiinc em revista (pt-BR) 1
SessãoDossiê Ciência, Tecnologia e Inovação Social | (pt-BR) 1
Disponibilizado2012-04-24 (pt-BR) 1
hasAbstractResumo A partir da constatação de uma virada deliberativa nos Estudos Sociais da Ciência e da Tecnologia (ESCT) são identificados reflexos dentro dos estudos e práticas de Inovação. Propõem-se duas categorias de participação pública: uma primeira, oriunda dos ESCT, cujo enfoque está nos produtores de tecnologia e uma segunda, cuja centralidade se encontra nos próprios usuários das inovações. Ainda que divergentes sobre arranjos institucionais e propósitos, são estruturas conceituais complementares que podem ser particularmente utilizadas para a elaboração de políticas para o desenvolvimento de tecnologias e inovações sociais.Palavras-chave democracia; participação; avaliação de tecnologias; inovação; tecnologias sociaisAbstract From the identification of a ´deliberative turn´ in Science and Technology Studies (STS), it is possible to point out reflections in some innovation studies and practices. This article proposes two categories of public engagement: the first one, born in the STS, aims mostly at the technology producers, while the second centers the analysis on the innovation users. Although each category is divergent about its institutional settings and purposes, they are complementary conceptual frameworks that can be particularly useful in policy making for the development of Social Innovations or Technologies. Keywords democracy; participation; technology assessment; innovation; social technologies (pt-BR) 3
hasFileStorage_repository/708/2018/09/oai_ojs_revista_ibict_br_article_3347#00051.pdf () 1
hasIdA virada deliberativa nos estudos sociais da ciência e tecnologia e seus reflexos para novos regimes de inovação | The deliberative turn in social studies of science and technology and its reflections on the new innovation regimen
FONSECA, Paulo
Liinc em revista, n. 1, v. 8, 2012. (Dossiê Ciência, Tecnologia e Inovação Social |) () 3
SourceLiinc em Revista; v. 8, n. 1 (2012): Ciência, tecnologia e inovação social (pt-BR) 3
Source1808-3536 () 3
ThemaDemocracia (pt-BR) 1
ThemaParticipação (pt-BR) 1
ThemaAvaliação de Tecnologia (pt-BR) 1
ThemaInovação (pt-BR) 1
ThemaTecnologia Social (pt-BR) 1