Educação superior a distância no Brasil: uma construção consorciada e em rede
[Liinc em Revista; v. 2, n. 1 (2006): Transformações da Aprendizagem na Sociedade da Informação]
Transformação da Aprendizagem na Sociedade da Informaçã
Educação superior a distância no Brasil: uma construção consorciada e em rede

Resumo: Este artigo descreve a experiência de implantação da política de fomento aos cursos de Graduação a Distância (EAD) no Brasil adotada pela Secretaria de Educação a Distância do Ministério da Educação (SEED/MEC) a partir de 2004. Essa política prioriza a criação de cursos de licenciatura e a distância. Analisaremos essa experiência pioneira e ainda não consolidada, buscando interpretar os fatores que dificultam a institucionalização da EAD no ensino superior. Nesse trabalho analisaremos algumas alternativas de institucionalização apresentadas pelos oito consórcios participantes da Chamada Pública 001/2004 SEED/MEC na reunião de trabalho realizada em abril de 2005. As proposições dos consórcios, encaminhadas ao MEC pela UniRede, pretendem assegurar a continuidade da política pública de fomento à EAD no ensino superior público, garantindo a continuidade dos cursos oferecidos e a ampliação de vagas nos próximos anos. Palavras-chave: Políticas públicas, educação a distância, institucionalização da EAD.

Palavras-chave:



Como citar
MARTINS, L. R. R. Educação superior a distância no brasil: uma construção consorciada e em rede. Liinc em revista, v. 2, n. 1, 2006. DOI: 10.18617/liinc.v2i1.205 Acesso em: 03 out. 2022.

Compartilhe
Plum X Metrics
NLP
proprietyvalue
DescriptorEducação superior a distância no Brasil: uma construção consorciada e em rede
MARTINS, Luiz Roberto Rodrigues
Liinc em revista, n. 1, v. 2, 2006. (Transformação da Aprendizagem na Sociedade da Informaçã) (pt-BR) 3
Identificadorhttp://revista.ibict.br/liinc/article/view/3101 (pt-BR) 3
IdentificadorDOI: 10.18617/liinc.v2i1.205 (pt-BR) 3
TitleEducação superior a distância no Brasil: uma construção consorciada e em rede (pt-BR) 3
AuthorMARTINS, Luiz Roberto Rodrigues (pt-BR) 1
Access Linkhttp://revista.ibict.br/liinc/article/view/3101/2795 (pt-BR) 3
IssueLiinc em revista, n. 1, v. 2, 2006. (pt-BR) 2
Nome da PulicaçãoLiinc em revista (pt-BR) 1
SessãoTransformação da Aprendizagem na Sociedade da Informaçã (pt-BR) 1
Disponibilizado2006-03-19 (pt-BR) 1
hasAbstractEste artigo descreve a experiência de implantação da política de fomento aos cursos de Graduação a Distância (EAD) no Brasil adotada pela Secretaria de Educação a Distância do Ministério da Educação (SEED/MEC) a partir de 2004. Essa política prioriza a criação de cursos de licenciatura e a distância. Analisaremos essa experiência pioneira e ainda não consolidada, buscando interpretar os fatores que dificultam a institucionalização da EAD no ensino superior. Nesse trabalho analisaremos algumas alternativas de institucionalização apresentadas pelos oito consórcios participantes da Chamada Pública 001/2004 SEED/MEC na reunião de trabalho realizada em abril de 2005. As proposições dos consórcios, encaminhadas ao MEC pela UniRede, pretendem assegurar a continuidade da política pública de fomento à EAD no ensino superior público, garantindo a continuidade dos cursos oferecidos e a ampliação de vagas nos próximos anos. Palavras-chave: Políticas públicas, educação a distância, institucionalização da EAD. (pt-BR) 3
hasFileStorage_repository/708/2018/09/oai_ojs_revista_ibict_br_article_3101#00051.pdf () 1
hasIdEducação superior a distância no Brasil: uma construção consorciada e em rede
MARTINS, Luiz Roberto Rodrigues
Liinc em revista, n. 1, v. 2, 2006. (Transformação da Aprendizagem na Sociedade da Informaçã) () 3
SourceLiinc em Revista; v. 2, n. 1 (2006): Transformações da Aprendizagem na Sociedade da Informação (pt-BR) 3
Source1808-3536 () 3