Entre a inclusão e a democracia digital: a atuação do Estado e do terceiro setor em comunidades pobres da região metropolitana do Recife | Between digital inclusion and digital democracy
[Liinc em Revista; v. 5, n. 1 (2009): Inclusão digital: para quê e para quem?]
Inclusão Digital: para Quê e para Quem? | Digital Inclusion: for What and for Whom?
Entre a inclusão e a democracia digital: a atuação do Estado e do terceiro setor em comunidades pobres da região metropolitana do Recife | Between digital inclusion and digital democracy

Resumo: Resumo A acumulação histórica de capitais econômicos e culturais vem determinando padrões diferenciados de acesso à revolução informacional. Em geral, esse problema tem sido tratado pelas políticas públicas a partir de uma série de conceitos que convergem para as idéias polares de ‘exclusão’ e ‘inclusão digital’. A partir dessa perspectiva, a solução do problema da desigualdade se apresenta como um percurso que os atores precisam fazer de um lugar vazio, de uma tabula rasa, para outro de prosperidade, numa clara atualização da visão dos atores em posição subalterna como seres faltantes.  Recentemente, surgiu uma proposta de estimular a democratização das tecnologias digitais não como forma de simplesmente suprir uma falta, mas como estratégia de empoderamento. Apesar disso, não há consenso com relação ao modo como a desigualdade digital deve ser tratada, se a partir de investimentos visando à inclusão, se a partir de investimentos que capacitem camadas pobres da população a interferir na vida social em sentido amplo. Com base em pesquisa realizada em 8 instituições, mapeamos iniciativas de inclusão digital e analisamos como essas duas visões se traduzem em sua prática.Palavras-chave inclusão digital; democracia; desigualdadeAbstract The historical accumulation of economic and cultural capitals has been determining unequal patterns of access to the informational revolution. In general, public policies deal with this problem by recurring to concepts that converge to the polar ideas of “digital divide” and “digital inclusion”. From this perspective, the solution to the problem of social inequality is presented as the trajectory that social actors need to undertake from an empty space, from a tabula rasa, to another of prosperity – a clear actualization of the perception of social actors in a subaltern position as lacking beings. More recently, a proposal for stimulating the democratization of ICTs has emerged, that is, not simply intending to fill in a gap, but sustaining the necessity to develop strategies of empowerment. Despite this, there is no agreement on how digital inequality has to be dealt with, whether by investments aiming at social inclusion, or by investments that would enable poor layers of the population to intervene in social life in a broader sense. Based on interviews in 8 institutions, this paper maps out initiatives of digital inclusion and analyzes how these two views are translated in practice.Keywords digital inclusion; democracy; inequality;

Palavras-chave: Inclusão Digital. Democracia. Desigualdade | Digital Inclusion.



Como citar
FERREIRA, J.; ROCHA, M. E. M. Entre a inclusão e a democracia digital: a atuação do estado e do terceiro setor em comunidades pobres da região metropolitana do recife | between digital inclusion and digital democracy. Liinc em revista, v. 5, n. 1, 2009. DOI: 10.18617/liinc.v5i1.288 Acesso em: 28 set. 2022.

Compartilhe
Plum X Metrics
NLP
proprietyvalue
DescriptorEntre a inclusão e a democracia digital: a atuação do Estado e do terceiro setor em comunidades pobres da região metropolitana do Recife | Between digital inclusion and digital democracy
FERREIRA, Jonatas; ROCHA, Maria Eduarda da Mota
Liinc em revista, n. 1, v. 5, 2009. (Inclusão Digital: para Quê e para Quem? | Digital Inclusion: for What and for Whom?) (pt-BR) 3
Identificadorhttp://revista.ibict.br/liinc/article/view/3181 (pt-BR) 3
IdentificadorDOI: 10.18617/liinc.v5i1.288 (pt-BR) 3
TitleEntre a inclusão e a democracia digital: a atuação do Estado e do terceiro setor em comunidades pobres da região metropolitana do Recife | Between digital inclusion and digital democracy (pt-BR) 3
AuthorFERREIRA, Jonatas (pt-BR) 1
AuthorROCHA, Maria Eduarda da Mota (pt-BR) 1
Access Linkhttp://revista.ibict.br/liinc/article/view/3181/2844 (pt-BR) 3
IssueLiinc em revista, n. 1, v. 5, 2009. (pt-BR) 2
Nome da PulicaçãoLiinc em revista (pt-BR) 1
SessãoInclusão Digital: para Quê e para Quem? | Digital Inclusion: for What and for Whom? (pt-BR) 1
Disponibilizado2009-04-29 (pt-BR) 1
hasAbstractResumo A acumulação histórica de capitais econômicos e culturais vem determinando padrões diferenciados de acesso à revolução informacional. Em geral, esse problema tem sido tratado pelas políticas públicas a partir de uma série de conceitos que convergem para as idéias polares de ‘exclusão’ e ‘inclusão digital’. A partir dessa perspectiva, a solução do problema da desigualdade se apresenta como um percurso que os atores precisam fazer de um lugar vazio, de uma tabula rasa, para outro de prosperidade, numa clara atualização da visão dos atores em posição subalterna como seres faltantes.  Recentemente, surgiu uma proposta de estimular a democratização das tecnologias digitais não como forma de simplesmente suprir uma falta, mas como estratégia de empoderamento. Apesar disso, não há consenso com relação ao modo como a desigualdade digital deve ser tratada, se a partir de investimentos visando à inclusão, se a partir de investimentos que capacitem camadas pobres da população a interferir na vida social em sentido amplo. Com base em pesquisa realizada em 8 instituições, mapeamos iniciativas de inclusão digital e analisamos como essas duas visões se traduzem em sua prática.Palavras-chave inclusão digital; democracia; desigualdadeAbstract The historical accumulation of economic and cultural capitals has been determining unequal patterns of access to the informational revolution. In general, public policies deal with this problem by recurring to concepts that converge to the polar ideas of “digital divide” and “digital inclusion”. From this perspective, the solution to the problem of social inequality is presented as the trajectory that social actors need to undertake from an empty space, from a tabula rasa, to another of prosperity – a clear actualization of the perception of social actors in a subaltern position as lacking beings. More recently, a proposal for stimulating the democratization of ICTs has emerged, that is, not simply intending to fill in a gap, but sustaining the necessity to develop strategies of empowerment. Despite this, there is no agreement on how digital inequality has to be dealt with, whether by investments aiming at social inclusion, or by investments that would enable poor layers of the population to intervene in social life in a broader sense. Based on interviews in 8 institutions, this paper maps out initiatives of digital inclusion and analyzes how these two views are translated in practice.Keywords digital inclusion; democracy; inequality; (pt-BR) 3
hasFileStorage_repository/708/2018/09/oai_ojs_revista_ibict_br_article_3181#00051.pdf () 1
hasIdEntre a inclusão e a democracia digital: a atuação do Estado e do terceiro setor em comunidades pobres da região metropolitana do Recife | Between digital inclusion and digital democracy
FERREIRA, Jonatas; ROCHA, Maria Eduarda da Mota
Liinc em revista, n. 1, v. 5, 2009. (Inclusão Digital: para Quê e para Quem? | Digital Inclusion: for What and for Whom?) () 3
SourceLiinc em Revista; v. 5, n. 1 (2009): Inclusão digital: para quê e para quem? (pt-BR) 3
Source1808-3536 () 3
ThemaInclusão Digital (pt-BR) 1
ThemaDemocracia (pt-BR) 1
ThemaDesigualdade | Digital Inclusion (pt-BR) 1
ThemaDemocracy (en) 1
ThemaInequality (en) 1